Hospital das Bonecas

«Onde todos pensam igual, ninguém pensa muito. (…) Para maximizar o benefício de colaborar, precisas de divergir antes de convergir.» Lipman

O conteúdo filosófico do livro Hospital das Bonecas é devedor de indagações centrais na filosofia grega, que continuam a ser cruciais para as crianças de hoje: o significado e estatuto do real, bom, verdadeiro, lindo, belo e pessoa. Cada um dos capítulos centra-se num ou mais destes conceitos.
Esta exposição resulta da análise do livro Hospital das Bonecas feito pela comunidade de investigação. Neste processo procura-se que as crianças aprendam a ouvir-se umas às outras, a questionar as suposições subjacentes, a dar exemplos e contra-exemplos, a pedir razões, a formular boas perguntas. O resultado destes processos são discussões de conceitos onde as crianças se tornam conscientes daquilo a que chamamos diálogo filosófico.

«O estímulo da criatividade, a descoberta feliz de que as ideias próprias são algo de precioso, o incremento da autoconfiança que daí advém e das competências para melhor ajuizar em quem podem confiar são alguns dos contributos da Filosofia para Crianças.» Zaza Carneiro de Moura

Projeto realizado pelos alunos do 4ºano, no âmbito das disciplinas de Oficina d’Arte e Filosofia para Crianças.

 

IMG_20170206_121602_resized_20170206_010546422