Educação

Pré-escolar

Na pré-escolar, a meta principal é a promoção do desenvolvimento global da criança e, por isso mesmo, a nossa pedagogia assenta em práticas inovadoras de aprendizagem ativa que têm por base fazer uma observação atenta, para definir objetivos, estratégias, atividades e os materiais mais adequados, tendo como propósito despertar o interesse da criança pela descoberta, levando-a a explorar em pleno as suas potencialidades, valorizando a sua individualidade e diferentes ritmos de aprendizagem, estimulando a sua autonomia, a tolerância, o respeito pelo outro e por si próprio, sempre no sentido de alcançar o sucesso.

Assente nestes princípios, a nossa missão passa por realizar um trabalho transparente, que prima pelo rigor e em que cada um de nós emprega todo o seu afeto, empenho e dedicação nesta tarefa tão nobre como é a de educar uma criança.

pré escolar

No Colégio Guadalupe o Departamento de Ensino Pré-Escolar é constituído pelas Educadoras Edite Rio, Lília Robalo, Mónica Lima, Teresa Martins e Sandra André, coordenadora do departamento e pelas Auxiliares Andreia, Helena Alves, Isabel Planche, Inês Dias, Rafaela Sousa e Raquel Garcia.

 

O Pré-escolar passa por um conjunto de atividades que permitem que as crianças se desenvolvam ao seu próprio ritmo.
pré escolar

Numa relação de proximidade com as famílias, procuramos formar os nossos alunos num ambiente alegre e acolhedor

Com base em valores nobres, fornecemos ferramentas indispensáveis à descoberta de novos caminhos, com vista a desenvolver a coesão social, o altruísmo e o pensamento crítico.

 

Material Escolar 2023/2024

 

Tendo em conta a nossa realidade, o currículo é adaptado ao seu contexto, atendendo aos saberes, competências, valores e afetos.

Potencializamos o respeito pela criança como ser único, que precisa desenvolver a sua curiosidade e viver diferentes experiências, o que pressupõe uma pedagogia diferenciada, centrada na cooperação e ainda a construção articulada do saber, o que implica uma abordagem globalizante e integrada das diferentes áreas a contemplar.

Projetos Pré-escolar

O nosso Colégio tem vindo a investir nesta metodologia, uma vez que consideramos essencial desenvolver estratégias de comunicação, para que os nossos alunos estejam preparados para transpor possíveis obstáculos que se atravessem nos seus caminhos.

Ensinar as crianças a desenvolver habilidades para um crescimento equilibrado é uma das nossas prioridades e a principal motivação para trazermos esta metodologia para as nossas salas.

Esta metodologia é implementada nas salas de ensino pré-escolar, com crianças com idades compreendidas entre os 3 e os 6 anos, pois é nesta idade que as crianças começam a tornar-se mais cientes das suas ações e também da presença das bonecas que, com as suas diferentes personalidades, podem influenciar positivamente o seu processo de crescimento, ajudando-as a aceitar as diferenças e a desenvolver empatia por aqueles que enfrentam adversidades.
A capacidade que as crianças têm, nesta fase, para acreditar permite a vivência de momentos únicos de partilha, além de proporcionar ferramentas de comunicação que podem usar ao longo das suas vidas.

Neste momento, o Colégio Guadalupe trabalha esta metodologia com 4 bonecas (a Valéria, o Tomé, a Maria Eduarda e o Carlos), todas com uma história de vida única. A construção das suas personalidades foi elaborada pelas educadoras que, sabiamente, conciliaram as características necessárias, que melhor beneficiam os seus alunos e os objetivos que pretendem alcançar.

Assuntos da atualidade, como diferenças raciais, dificuldades com a alimentação, comportamentos agressivos, excesso de peso, hiperatividade, diferenças físicas, entre outros, são mencionadas através desta metodologia, que ajuda a desenvolver uma perspetiva e uma abordagem diferentes. Para além disso, a vinda das bonecas para a escola veio enriquecer também o desenvolvimento de outros projetos, beneficiando o caminho de aprendizagem que temos vindo a trilhar.

Metodologia "Persona Dolls"

 

Metodologia "Persona Dolls"

 

Com este projeto, pretende-se como principal objetivo, proporcionar às crianças um contato direto (plantando, regando, colhendo…) com a Natureza, promovendo uma aprendizagem ativa e uma melhor consciência ecológica.

Desde cedo, as crianças desenvolvem o conhecimento do meio, ligação à natureza, destreza motora, desenvolvimento emocional e o sentido de responsabilidade para com o meio ambiente, criatividade e a alegria.

Como objetivos específicos pretende-se:

  • Consciencializar as crianças para as questões ambientais, de saúde, alimentação saudável e qualidade de vida;
  • Observar e explorar o meio físico, centrando a atenção nas plantas;
    Identificar as etapas do ciclo vital das plantas, para depois distinguir os cuidados de que necessitam, dos produtos e da utilidade que delas se obtêm;
  • Avaliar a importância das plantas para os seres humanos, manifestando atitudes de respeito e de cuidado;
  • Cultivar a perceção visual, tátil e olfativa, usando a textura do solo, da humidade e dos cheiros;
  • Estabelecer algumas relações entre o meio físico e as plantas;
  • Desenvolver a criatividade, na decoração da horta e elaboração de cartazes, panfletos e marcadores/identificadores;
  • Desenvolver a matemática, fazendo a contagem das sementes, plantas ou frutos, comparando a dimensão dos canteiros e a profundidade das covas, o peso das frutas e legumes obtidos;
  • Promover a autonomia;
  • Promover as pesquisas em livros e na internet acerca de legumes, animais, plantas, árvores, receitas, solos, clima, alimentos, instrumentos e materiais a utilizar e as regras de higiene e de segurança;
  • Promover a leitura de histórias relacionadas com a horta e utilizar o espaço para ambiente de leitura e audição de histórias.Uma horta no Guadalupe

 

Segundo as Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar, cabe à Educação Pré-escolar criar “condições para o sucesso da aprendizagem de todas as crianças, na medida em que promove a sua autoestima e autoconfiança e desenvolve competências que permitem que cada criança reconheça as suas possibilidades e progressos”.

As noções matemáticas devem ser trabalhadas no pré-escolar, tendo como ponto de partida as atividades espontâneas e lúdicas da criança, ou seja, aproveitando os conhecimentos e experiências que elas já adquiriram.

A diversidade de materiais para desenvolver as mesmas noções através de diferentes meios e processos constitui um estímulo para a aprendizagem da matemática. É possível, assim, trabalhar a matemática com bastantes materiais e a criatividade que deles se retira é o mais importante.

O Doc é um pequeno robot que ajuda as crianças a estimular  a curiosidade e o desenvolvimento do raciocínio, com atividades lúdicas baseadas na Ciência, Tecnologia e Matemática. Introduz nas crianças os conceitos básicos do coding, de forma gradual e divertida.

O robot pode ser programado para seguir rotas, ajudando a criança a desenvolver as suas habilidades de lógica e de resolução de problemas, estimulando a imaginação e a criatividade. A criança dá os primeiros passos no mundo da codificação e, com o apoio de cartas de jogo, surgem associações lógicas simples para desafios divertidos.

 

Com o DOC, à descoberta da Matemática

“Na educação artística, a intencionalidade do educador é essencial para o desenvolvimento da criatividade das crianças, alargando e enriquecendo a sua representação simbólica e o seu sentido estético, através do contacto com diversas manifestações artísticas…” (OCEPE, 2016)

 

É fundamental, desde sempre, permitir que as crianças explorem, manipulem, transformem, criem, observem e comuniquem, de forma a proporcionar-lhes experiências e oportunidades de aprendizagem diversificadas, ampliando a sua própria expressão espontânea.

Este projeto consiste num atelier cujo objetivo principal é experimentar diferentes expressões artísticas, fomentando assim, a importância de acesso a uma multiplicidade de materiais e instrumentos.

 

Projeto Express Arte

 

Projeto Express Arte

A educação ambiental não deve ser tratada como algo distante do quotidiano das crianças, mas antes como parte integrante das suas vidas. Este projeto surge no âmbito da preocupação com o meio–ambiente, possibilitando, assim, o incentivo à reciclagem de materiais e diminuição da poluição, em articulação com o conhecimento e sensibilização sobre a vida marinha… animais que vivem no mar, suas características e importância para o meio ambiente.

Com o tema do MAR como base, as crianças (do ensino pré-escolar e 1ºciclo) são convidadas a construir animais, plantas marinhas e barcos utilizando materiais recicláveis, usando e aproveitando diversos materiais, cujo principal objetivo é dar a conhecer e a colocar em prática a política dos 3R: Reduzir, Reutilizar e Reciclar.

 

Já dizia o ditado africano que “É preciso uma aldeia para criar uma criança”.

A plataforma ChildDiary é uma ferramenta de extrema importância e utilidade, não só no dia-a-dia da Educadora, como também no dia-a-dia da criança e na forma como este é apresentado à família.

A utilização desta plataforma prende-se com a necessidade de criar uma maior aproximação entre a escola e a família, pois consideramos fundamental que as famílias dos nossos alunos integrem a vida escolar dos seus educandos, de modo a que o processo de desenvolvimento da criança aconteça de forma saudável e positiva.

Através da ChildDiary conseguimos otimizar e simplificar a prática pedagógica, uma vez que nos permite registar e partilhar aprendizagens com as famílias; registar as rotinas diárias das crianças; partilhar fotos, vídeos e documentos; fazer uma melhor gestão das salas, crianças e equipa; permite o envio de mensagens institucionais; entre outras funcionalidades que, além de nos permitirem ter mais tempo para dedicar às nossas crianças, também incentivam a participação das famílias na vida escolar dos seus educandos.

A Consciência Fonológica é o conhecimento que cada um de nós tem sobre os sons da língua materna, ou seja, é uma competência que permite identificar, manipular e refletir sobre os sons da fala. Por outras palavras, é a capacidade de perceber que a linguagem é formada por palavras, as palavras por sílabas, e as sílabas por fonemas (sons).

Crianças com uma Consciência Fonológica desenvolvida são capazes de identificar e produzir rimas, de dizer quantas sílabas contém cada palavra ou de reconhecer palavras que tenham os mesmos sons.

Mais especificamente, a Consciência Fonémica refere-se à capacidade específica de focar e manipular sons individuais (fonemas) em palavras faladas.

A aquisição da Consciência Fonémica é importante, visto ser a base da aquisição da ortografia e do reconhecimento de palavras e da aprendizagem formal da leitura e da escrita.

Consciência fonológica

 

Notícias e Eventos

Atividades Extracurriculares

Atividades Extracurriculares

E porque crescer é uma aprendizagem constante e diversa, é com imensa alegria que o Colégio Guadalupe apresenta um leque variado de…
Início do Ano Letivo

Início do Ano Letivo

15 de setembro – 1º dia de aulas dos 2º, 3º ciclos e ensino secundário! Foi com enorme alegria que…

No dia 14 de setembro, daremos início às atividades letivas dos alunos do Ensino Pré-escolar e 1.° Ciclo. Será uma…

Morada

R. Parque Natural do Alvão
2855-620 Corroios
Portugal

Telefone

*Chamada para a rede fixa nacional

Fax

(+351) 212 978 581*

Email

Copyright Colégio de Guadalupe – 2023 .Todos os direitos reservados.

As inscrições para o ano letivo de 2023/2024 estão abertas